A MINHA ORAÇÃO DE PÁSCOA

A Vida venceu a morte. Aleluia.

Não é fácil, Senhor, abstrair do meu mundo

para o deixar permear pela luz do teu amor.

Sinto-me demasiado preso

enquanto contemplo a liberdade que me ofereces.

Quero seguir-Te, sem dúvida,

mas estes «deveres» quotidianos são mais fortes

que tantos sonhos acumulados de me deixar seduzir por Ti.

Percebo-te luz, amor, perdão.

Mas sinto trevas que me invadem,

egoísmo que me reduz, feridas que me inibem.

A Tua mesa, Senhor, não tem medidas.

O teu coração de Pai tem lugar para todos.

Mesmo para quem atraiçoa.

Assim aconteceu com Teu Filho Jesus:

disse a Verdade e convidou para a Liberdade.

Mataram-no.

Preferimos ignorar a História

para construirmos o nosso Hoje sem Ontem.

Tornamo-nos ilhas sem pontes.

Que bom e belo saber que nunca desistes de nós,

olhando-nos como Pai, um Pai fiel a si mesmo

para me amar, mesmo na minha infidelidade.

Por isso não houve túmulo capaz de encerrar

o corpo de Teu filho morto. Tu O ressuscitaste.

E me abres hoje, como ontem, a porta do teu Reino.

E me convidas a entrar, livre do meu passado infiel.

Porque a tua fidelidade é para sempre.

Obrigado, Senhor, por este grito de vida, de esperança,

que teu Filho Ressuscitado me deixou.

E que todos os dias me convida a escutar.

E a levar a todos:

A Vida venceu a morte. Aleluia.

 

O Prior de Barcelos - P. Abílio Cardoso

Publicado em 2021-04-04

Notícias relacionadas

JÚLIO DA CONCEIÇÃO FARIA

Um ano depois

Igreja: Cartório Paroquial de Barcelos tem portas abertas no coração da cidade para «estar com as pessoas»

Ago 11, 2021 - 11:29

BARCELOS ACOLHE A SENHORA DA FRANQUEIRA

Às 21.30 de 31 de Julho de 2021

S. Bento

11 de Julho de 2021

Celebramos o dom da vida com Mons. Abílio Cardoso

11 de Julho de 2021

PEREGRINAÇÃO ARCIPRESTAL À FRANQUEIRA

8 de Agosto de 2021

desenvolvido por aznegocios.pt