DIÁCONO JÚLIO FARIA

N. 03-02-1940 F. 11.09.2020

Eram oito horas da manhã quando o telefone tocou. O tom de voz, vindo da Alsácia francesa, era claro e anunciava o pior: «o meu pai morreu esta madrugada às 5.00», dizia-me um dos filhos do «nosso» diácono Júlio.

Tinha sido hospitalizado.

A Bina, sua esposa, chorosa ao telefone dizia-me que ele tinha manifestado vontade de ser sepultado em Barcelos, a sua querida terra, aonde voltava sempre com imenso orgulho e se relacionava facilmente com todos.

Quem não se lembra dos seus «saltos» alegres na noite de Páscoa a gritar com todas as forças a ressurreição de Cristo? E a alegria que transmitia ao presidir, ano a ano, ao Compasso pascal, entrando com todo o seu àvontade nas casas dos barcelenses, que bem conhecia e estimava?

Fica-nos a dor da sua partida. Mas fica-nos sobretudo a memória de um homem servidor (diácono) do EVANGELHO da alegria.

Ao Júlio dizemos um «até logo», na certeza da mesma fé que o animou ao longo da sua existência de que o nosso fim terreno coincide com o nosso princípio de vida em plenitude nos braços de Deus Pai misericordioso. Ele deu já o maior «salto» de alegria porque crente na Ressurreição de Jesus. O «salto» de um homem de baixa estatura, aquele que nós presenciávamos, tornou-se agora o  salto de um gigante, ao passar do terreno ao celestial.

À Bina, sua esposa, aos filhos e netos e restantes familiares, a certeza da nossa presença espiritual comungando da dor da sua partida.

Aguardamos, e disso daremos informação, comunicação das exéquias a celebrar na Igreja Matriz, após aquelas que, certamente, acontecerão na diocese de Mulhouse (França) em cujo presbitério estava incardinado como diácono permanente.

Publicado em 2020-09-11

Notícias relacionadas

DIÁCONO JÚLIO FARIA

Chega a Barcelos na próxima sexta-feira

CATEQUESE DAS CRIANÇAS

Retoma

Nota pastoral na abertura do novo ano pastoral

Carta de D. Jorge Ortiga dirigida aos sacerdotes da Arquidiocese de Braga.

INSCRIÇÕES NA CATEQUESE

no Cartório Paroquial

TEMPO DE RECOMEÇAR

Actividades na Paróquia

Qual o meu lugar na Paróquia?

O Prior interpela.

desenvolvido por aznegocios.pt